Dificuldades no financiamento e carga fiscal penalizam negócios em Cabo Verde

Bandeira de Cabo Verde (DR)
Bandeira de Cabo Verde (DR)
Bandeira de Cabo Verde (DR)

O difícil acesso ao financiamento, a carga fiscal elevada e a falta de eficiência a nível da burocracia foram apontados, terça-feira, pelo Fórum Económico Mundial, como os principais fatores que dificultam a concretização de negócios em Cabo Verde.

No entanto, Cabo Verde apresenta uma subida ligeira no índice mundial de competitividade de 2015-2016, ocupando a 112.ª posição (mais dois lugares face ao ano passado) entre 140 países.

No índice mundial de competitividade, que avalia 12 pilares (da educação aos mercados financeiros), o arquipélgo situa-se em 92.º nos equipamentos básicos, em 122.º em potenciadores de eficiência e em 104.º relativamente aos fatores de inovação e sofisticação.

O índice mundial de competitividade é liderado pela Suíça, seguida da Singapura e dos Estados Unidos. (panapress.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA