Deputado transmite em Bruxelas posição de Angola sobre Resolução do Parlamento Europeu

Deputado Virgílio de Fontes Pereira (Foto: Pedro Parante)

Bruxelas – O deputado Virgílio de Fontes Pereira, que participa na 39ª Assembleia Parlamentar ACP, em Bruxelas, transmitiu a posição do Estado angolano sobre o conteúdo da Resolução n°2015/2839 (RSP) do Parlamento Europeu, aprovada, recentemente, sobre a situação dos Direitos Humanos em Angola.

Deputado Virgílio de Fontes Pereira (Foto: Pedro Parante)
Deputado Virgílio de Fontes Pereira (Foto: Pedro Parante)

De acordo com uma nota do Sector de Imprensa da Embaixada da República de Angola no Benelux, chegada hoje à Angop, o parlamentar aproveitou a oportunidade para rebater o conteúdo do relatório da eurodeputada Ana Gomes, submetido ao Parlamento Europeu, que deu origem à aprovação da  resolução.

O chefe da delegação angolana sublinhou o facto de o conteúdo do referido relatório não ter observado o disposto do Acordo de Cotonou, no que se refere ao diálogo político entre o Grupo ACP e a União Europeia.

Num comunicado emitido a 12 de Setembro, o Executivo angolano rejeita categoricamente o conteúdo da resolução do Parlamento Europeu sobre eventuais casos de violação de direitos humanos e lamenta que uma instituição credível se tenha deixado enredar por informações caluniosas.

No documento, o executivo considera que aquelas recomendações em nada beneficiam a cooperação entre Angola e a União Europeia.

Explica que a resolução do Parlamento Europeu tem por base um relatório parcial e subjectivo, elaborado por uma eurodeputada que realizou uma deslocação privada à República de Angola, no passado mês de Julho.

Entretanto, os trabalhos da Assembleia Parlamentar ACP prosseguem hoje, com a realização das reuniões conjuntas das comissões parlamentares ACP – União Europeia.

Fazem também parte da delegação angolana os deputados Salomão Xirimbimbi, Julhão Texeira e Regina Eduardo Tchipoia. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA