Delegações de Angola e da Itália analisam cooperação no domínio da defesa

Ministra italiana da Defesa, Roberta Pinotti (Foto: Henri Celso)
Ministra italiana da Defesa, Roberta Pinotti (Foto: Henri Celso)
Ministra italiana da Defesa, Roberta Pinotti (Foto: Henri Celso)

Delegações dos ministérios da Defesa de Angola e da Itália analisaram nesta segunda-feira, em Luanda, assuntos de interesse bilateral, com realce para o estado de implementação do acordo de cooperação entre os dois países, rubricado em Novembro de 2013, no domínio da defesa.

O encontro realizou-se no âmbito da visita oficial que a ministra da Defesa da Itália, Roberta Pinotti, efectua a Angola desde domingo, a convite do seu homólogo, João Lourenço, para o incremento das relações de cooperação. Os dois chefes das delegações assinaram uma acta final das conversações.

Segundo o comunicado aprovado no termos das conversações, as duas partes tomaram decisões pertinentes sobre a matéria, no sentido de redinamizar as relações entre os dois ministérios, ao mesmo tempo que trocaram informações sobre a situação política, económica, social e de segurança prevalecente nos respectivos países.

Analisaram igualmente questões regionais e internacionais, tendo concluído que as relações entre Angola e a Itália são boas e saem mais reforçadas com a visita da governante italiana.

Indica que a delegação angolana encorajou o Governo italiano a prosseguir com os esforços tendentes a mitigar o sofrimento dos refugiados africanos e não só, que procuram protecção e melhores condições de vida nos países europeus.

Por sua vez, a comitiva italiana elogiou o Executivo angolano pelos êxitos alcançados na consolidação da paz, da democracia, e pelos resultados positivos registados nos domínios da reconstrução nacional e do desenvolvimento económico, apesar da crise financeira provocada pela baixa do preço do petróleo no mercado internacional.

O comunicado refere que durante a sua visita a Angola, Roberta Pinotti foi recebida pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, manteve um encontro com o ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, e deslocou-se ao Memorial Dr. António Agostinho Neto, onde depositou uma coroa de flores.

A comitiva italiana, integrada por empresários ligados à indústria militar, regressa nesta terça-feira ao seu país. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA