Cunene: Província com 200 novas casas para antigos combatentes

Cunene:Ministro Dos Antigos Combatentes Candido Pereira Van-Dunem (Foto: Jose Cachiva)
Cunene:Ministro Dos Antigos Combatentes Candido Pereira Van-Dunem (Foto: Jose Cachiva)
Cunene:Ministro Dos Antigos Combatentes Candido Pereira Van-Dunem (Foto: Jose Cachiva)

Duzentas novas casas socais do tipo T3 para os antigos combatentes na província do Cunene serão construídas este ano, na reserva fundiária do Ekuma, arredores de Ondjiva, tendo o acto de lançamento da 1ª pedra ocorrido hoje (quarta-feira) nesta cidade, numa cerimónia presida pelo ministro dos Antigos Combatentes e Veterano da Pátria, Cândido Pereira dos Santos Van-Dúnem.

Na cerimonia, Cândido Van-Dúnem disse que esta iniciativa consta do programa do Governo, que vem aumentar a capacidade de oferta de moradias a estes “homens que antes deram muito por Angola”.

O governante fez saber que a implementação deste projecto vai melhorar de forma significativa a vida desta franja da sociedade e das suas famílias, uma vez que é intenção do governo trabalhar de forma empenhada para a melhoria das condições dos antigos combatentes.

O ministro dos Antigos Combatentes e Veterano da Pátria frisou que, a par das residências, está também previsto a construção de uma farmácia.

A par dos antigos combatentes e membros do governo, o acto foi também testemunhado pelo governador provincial do Cunene, António Didalelwa.

A direcção dos antigos combatente no Cunene controla dois mil e 337 pensionistas, entre os quais 543 antigos combatentes, 106 viúvas, 465 deficientes de guerra e mil e 223 órfãos de antigos combatentes. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA