Cuanza Sul: Governador solicita mais dinamismo dos quadros dos Registos

Cuanza Sul: Eusébio de Brito Teixeira, Governador Provincial (Foto: Inácio Sabino)
Cuanza Sul: Eusébio de Brito Teixeira, Governador Provincial (Foto: Inácio Sabino)
Cuanza Sul: Eusébio de Brito Teixeira, Governador Provincial (Foto: Inácio Sabino)

O governador provincial do Cuanza Sul, Eusébio de Brito Teixeira, solicitou hoje, quarta-feira, aos quadros da direcção dos Registos mais dinamismo na execução das tarefas preconizadas para o sector.

Eusébio de Brito Teixeira, que falava na abertura do primeiro encontro metodológico do sector, adiantou ser necessário adequar as suas estruturas a nível da província, relativas ao registo de cidadãos maiores para posterior tratamento no âmbito da comissão eleitoral.

Referiu que o encontro se realiza num momento que foi aprovada a lei do registo oficioso, instrumento valioso para o processo que se avizinha para 2017.

Disse que os registo dos cidadãos maiores rege-se pelos princípios da universalidade, da permanência, da actualidade, da oficiosidade, da obrigatoriedade, da unidade e inscriação única, transparência e imparcialidade.

Segundo Eusébio Teixeira, o governo provincial está engajado no cumprimento desta actividade, por isso, apelou a dedicação, entrega e espírito de missão para que este acto decorra sem sobressaltos.

Por sua ve, o director provincial dos Registos, Manuel Jorge dos Santos, disse que a luz do artigo 39 do decreto executivo nº7 17/2009, de 6 de Março, o seu pelouro é um serviço desconcentrado do Governo da província que assegura as realizações dos registos eleitorais e do acompanhamento do recenseamento e incorporação militar, bem como propõe medidas adequadas à participação dos cidadãos nos processos eleitorais.

Referiu que o seu pelouro se propõe a assegurar a formação profissional dos técnicos para as operações de registos, com vista a adequar as novas exigências.

Participam no encontro membros do Governo, chefes dos registos municipais, técnicos e outros convidados. (portalangop.co.ao)

1 COMENTÁRIO

  1. a prescrição que faço realmente a cumprimento por parte do sr governador.a execução por parte do componente, conforme afere o Sr. Dr. MANUEL JORGE DOS SANTOS que e conhecedor da mateira, na citação do artigo 39 do decreto executivo 701/09 ,sendo homem da jurisprudência deveria consultar todas comuna e monotonizar e preposiona-la no sentido de informar com a tutela ao nosso Sr. GOVERNADOR DA PROVINCIA a realidade dos elemento contratuais com o nosso povo heroico, que esta plasmado no corpo do artigo 405.cc em pleno seculo a personalidade com capacidade judiciaria e jurídica não possui um documento de nacionalidade angolana e todos no território do K SUL SOB SUA JURIDIÇAO.e bom ajudar honestamente as instituições e institutos coletivas.

DEIXE UMA RESPOSTA