Cuando Cubango: Registados mais de 57 mil casos de malária

Enfermeiros cuidando dos pacientes internados (Foto: Armandio Morais)
Enfermeiros cuidando dos pacientes internados (Foto: Armandio Morais)
Enfermeiros cuidando dos pacientes internados (Foto: Armandio Morais)

Cinquenta e sete mil e noventa e oito casos de malária, dos quais 226 resultaram em óbitos, foram diagnosticados deste o início deste ano na província, divulgou sexta-feira, em Menongue, capital do Cuando Cubango, o director da saúde, Fernando Cassanga.

Fernando Cassanga divulgou estes dados quando falava na cerimónia do 25 de Setembro, Dia Nacional do Trabalhador da Saúde, tendo referenciado que em 2014 registaram-se 33 mil e 682 casos, destes 160 resultaram em mortes.

Por outro lado, o responsável fez saber que em 2014 foram registados mil e 921 casos de Vih/Sida, 493 de sarampo e 82 de lepra, enquanto em 2015 foram notificados mil e 392 de Vih/Sida, sete de sarampo e 66 de lepra.

Segundo Fernando Cassanga, as doenças infecciosas continuam a liderar a lista das doenças crónicas não transmissíveis, como a hipertensão arterial, diabetes melitus, cancro da mama, cancro do útero e os acidentes de viação, que constituem um problema de saúde pública. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA