Consolas de vídeo e casas inteligentes em destaque na IFA Berlim (vídeo)

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

1600 empresas do mundo inteiro mostraram as últimas novidades em matéria de eletrónica de consumo numa das maiores feiras do setor em Berlin. O evento recebeu mais de 200 mil visitantes, no início de setembro.

A Acer lançou o Predator 6, um smartphone dedicado aos jogos de vídeo. O aparelho é, para já, um protótipo, possui 4GB de memória RAM e um ecrã de seis polegadas.

Para os jogadores mais exigentes, a Lenovo lançou três novos computadores, o ideacentre Y900 e Y700 e o ideapad Y700 com Windows 10.

“A placa de vídeo é o elemento mais importante. Os nosso computadores integram as melhores e mais recentes placas de vídeo”, disse Teddy Lee, gestor de produto da empresa chinesa.

No domínio das chamadas casas inteligentes, a Panasonic apresentou a sua própria versão da casa do futuro, a começar pela cozinha.

“Esta panela permite mexer os alimentos de forma automática. Basta carregar aqui. A energia provém da placa que se encontra acima do fogão. O sistema inclui câmaras com sensores que controlam a comida para que não queime. A pessoa pode ver um filme tranquila e pode também ver fotografias. A janela da cozinha transforma-se num ecrã”, explicou Noemi Besedes, responsável da Panasonic.

Além da cozinha, a Panasonic concebeu um quarto inteligente.

“Quando nos sentamos na cama, a luz acende-se automaticamente, aparecem imagens relaxantes no teto, como estas estrelas maravilhosas. Aqui temos os sinais vitais, é importante conhecê-los. Pode experimentar vários tipos de maquilhagem. No lado esquerdo, tem sugestões e pode ver como ficam no espelho”, acrescentou a responsável.

Uma empresa italiana apresentou um relógio inteligente chamado Nilox que permitem vigiar as crianças graças a um sistema de geolocalização. Os pais podem saber a que horas o filho chegou à escola.

“O relógio combina três tecnologias, GMS, uma carta SIM, GPS e wi-fi. A ligação wi-fi ajuda a encontrar as pessoas quando elas se encontram em edifícios enormes, como centros comerciais”, explicou Michele bertacco, diretor de marketing da empresa italiana. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA