China propõe aos EUA aliança contra cibercrime

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

A China está pronta a colaborar com os Estados Unidos na luta contra o cibercrime.

A garantia foi dada pelo chefe de Estado, Xi Jinping, em Seattle, primeiro ponto de paragem do presidente chinês na visita de sete dias aos Estados Unidos.

Nos últimos meses, a administração norte-americana tem sido alvo de vários ataques informáticos. Pequim nega qualquer envolvimento e promete ajudar a encontrar os responsáveis.

“O nosso país é um fervoroso defensor da cibersegurança e uma vítima de ataques informáticos. O governo chinês não participa, encoraja ou apoia este crime” afirma.

A acompanhar a visita do líder chinês aos Estados Unidos estão, também, centenas de manifestantes. A maioria, chineses, aproveita para lembrar a Xi Jinping o que ainda falta fazer em matéria de liberdade de imprensa e de direitos humanos. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA