CETAC apresenta resultados de investigações realizadas desde 2014

Joaquim Laureano - Director do Cetac (Foto: Edilson Domingos)
Joaquim Laureano - Director do Cetac (Foto: Edilson Domingos)
Joaquim Laureano – Director do Cetac (Foto: Edilson Domingos)

O Centro de Ecologia Tropical e Alterações Climáticas (CETAC) realiza sexta-feira, nas suas instalações, na cidade do Huambo, uma sessão de apresentação dos trabalhos investigativos desenvolvidos desde 2014.

O director-geral desta instituição pública, Joaquim Augusto Lauriano, informou hoje, quinta-feira, à Angop, que serão apresentados estudos sobre a caracterização de um ecossistema florestal na comuna do Samboto, a caracterização do rio Calohombula, das nascentes da província, da avifauna e também a caracterização das condições climáticas nos últimos 30 anos.

Estes trabalhos, segundo explicou, fazem parte dos projectos voltados ao equilíbrio ambiental, cujos resultados ajudam o governo a tomar decisões sobre ecologia e ambiente natural.

Inaugurado em Novembro de 2012, o CETAC, pertencente ao Ministério do Ambiente, destina-se ao estudo e investigação das alterações climáticas e preservação dos recursos naturais e dos ecossistemas.

A criação deste centro, o único do género no país, enquadra-se no programa do Executivo para o relançamento do projecto de investigação científica e estudo das alterações climáticas, conservação e preservação do ambiente natural.

O aproveitamento das águas residuais, valorização dos solos degradados, constituição de equipas de investigação e apoio a elaboração e implementação de políticas e programas de preservação do ambiente constituem, entre outros, os objectivos para o qual foi criado.

Permite aos especialistas, estudantes dos institutos médios e superiores ligados à área aproveitar as possibilidades oferecidas para melhorar as condições de vida das populações, através da utilização racional dos recursos hídricos e climáticos. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA