Casos de violência no lar aumentaram em Angola

(geledes.org.br)

Mais de dezasseis mil casos de violência doméstica foram registados em 2014, sendo 77 por cento denunciados por mulheres e 23 por homens, revelou ontem, em Luanda, o chefe de departamento da Direcção Nacional dos Direitos da Mulher.

(geledes.org.br)
(geledes.org.br)

André Amadeu falava num encontro entre a ministra da Família e Promoção da Mulher, Filomena Delgado, e parceiros sociais,  tendo frisado que a violência doméstica “está a aumentar consideravelmente”, pois em 2013 foram denunciados 9.423 casos.

“Destes casos, 56 por cento são de ordem económica relacionados com a falta de prestação de alimentos, fuga à paternidade e expulsão da residência familiar, 23 por cento são de ordem física, 21 por cento foram  violações sexuais, nove por cento violações de menores de 12 anos e sete por cento   violações de crianças”,informou André Amadeu, que acrescentou que a maior parte dos casos de violação ocorreu no interior de moradias e foi praticada por pessoas próximas da família, o que tem dificultado a intervenção policial.

Os principais factores das violações foram a falta de atenção aos menores por parte dos pais, o uso de droga e consumo excessivo de bebidas alcoólicas, circulação isolada na via pública a altas horas da noite, crença no feiticismo e práticas obscurantistas, explicou o alto funcionário do Ministério da Família. (Jornal de Angola)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA