Campeão reforça liderança

Campeão alarga passada na tabela (Foto: Jornal dos Desportos)
Campeão alarga passada na tabela (Foto: Jornal dos Desportos)
Campeão alarga passada na tabela
(Foto: Jornal dos Desportos)

A regularidade com que o Recreativo do Libolo está a abordar o Girabola 2015, ficou evidenciada mais uma vez ontem, em Calulo, no duelo diante do sensacional Progresso da Lunda Sul. O triunfo por 2-1, com golos de Diawara e Brito, acabou por confirmar a caminhada do campeão rumo ao tetracampeonato. O Libolo, que entrou moralizado com o triunfo da última quarta-feira, diante do 1º de Agosto, referente aos oitavos-de-final da Taça de Angola, começou a desenhar a conquista dos três pontos no minuto 17, quando Diawara concluiu com um remate forte a jogada de Fredy.

A partir daí, o campeão buscou o segundo golo, que daria tranquilidade à equipa, porém sem sucesso, pois os lundas também lutavam para anular a vantagem do opositor.  A qualidade do futebol praticado pelas duas equipas baixou de qualidade na segunda parte do desafio. Aliás, foi preciso esperar pelo minuto 80 para que se divisasse algo melhor, no caso o segundo golo do Libolo, marcado por Brito, numa grande jogada de Rudy.

O remate do meio-campista embateu na trave do guardião do Progresso e na recarga o cabo-verdiano aumentou o marcador.   O campeão ainda viu o trio de arbitragem negar-lhe um golo por alegado fora-de-jogo que não existiu, pois o jogador do Libolo que estava adiantado em relação ao defesa do Progresso não se fez ao lance e foi o jogador lunda quem introduziu a bola na sua baliza.O Progresso da Lunda Sul beneficiou da “ajuda” do libolense Wires (fez um auto-golo) para reduzir a vantagem do Libolo no tempo de compensação.

MELHOR EM CAMPO
Eficácia de Galiano

Com uma excelente exibição, o avançado Mateus Galiano, do 1º de Agosto, destacou-se em primeira instância por ser o marcador de serviço do dia, com dois golos, mas também desempenhou um importante papel na zona ofensiva militar. Foi a primeira vez que bisa num jogo com a camisola agostina e esteve envolvido em assistências primorosas aos seus colegas que não souberam tirar partido. O jogador provou que o
regresso à titularidade não foi em vão. Os adeptos rubro-negros reconheceram a actuação de Mateus e aplaudiram-no quando foi substituído por Gogoró já no tempo de compensação. Excelente exibição. (Jornal dos Desportos)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA