Brasil usará remédios russos para combater câncer

(Sputnik/ Aleksei Nikolsky)
(Sputnik/ Aleksei Nikolsky)
(Sputnik/ Aleksei Nikolsky)

Em Moscou acaba de terminar o Fórum Empresarial Brasil-Rússia: Direções Estratégicas de Cooperação, que contou com a participação do vice-presidente do Brasil, Michel Temer, e o vice-premiê russo Arkady Dvorkovich.

O Fórum contou com a participação de empresários e políticos de ambos os países, que participaram no diálogo sobre a cooperação nas áreas de agricultura, novas tecnologias, ciência farmacêutica, infraestrutura e energia.

O presidente do Conselho Empresarial Rússia-Brasil, Sergei Vasilyev em declarações à Sputnik destacou o projeto da indústria farmacêutica, tendo em contra o acordo entre o estado de Paraná e a empresa russa Biocad, assinado no âmbito do Fórum.“Um projeto muito popular agora é o projeto de produção de medicamentos russos no Brasil e o acordo de fornecimento de trigo para o Brasil, o que, como já foi divulgado hoje, será assinado no mês corrente.”

A vice-governadora do estado de Paraná, Cida Borghetti, também destacou a cooperação na área de medicina como importante. A política declarou à Sputnik:

“Acho da maior importância nesse momento para a área de saúde o acordo de cooperação com o Biocad, que é a transferência de tecnologia para um medicamento biológico de tratamento do câncer. E a planta vai ser, já foi acordado, no Paraná, na cidade de Maringá.”

Sergei Vasilyev comentou ainda à Sputnik a possibilidade de substituir os antigos parceiros da Rússia enquanto o país está sujeita às sanções ocidentais. A esse respeito Vasilyev especificou os setores de cooperação possíveis:

“No setor de produtos lácteos certamente existe um nicho. No de carne já temos essa substituição, o aumento de fornecimentos é evidente. Mas em geral, na agricultura pode ainda vir a ser o setor da frutos.”

Lembramos que a delegação brasileira chefiada pelo vice-presidente Michel Temer realizou uma visita de três dias a Moscou para estreitar as relações diplomáticas e comerciais entre os dois países.Nesta quarta-feira (16) Temer reuniu-se com o premiê da Rússia, Dmitry Medvedev, após o que os políticos assinaram uma declaração conjunta.

No mesmo dia, o vice-ministro de Desenvolvimento e Economia russo, Aleksei Likhachev, e o vice-ministro do Exterior brasileiro, Fernando Simas Magalhães, assinaram a ata final da reunião da comissão intergovernamental russo-brasileira sobre a cooperação económico- comercia e técnico-científica, divulgou a agência noticiosa russa RIA Novosti. (Sputniknews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA