Brasil disponível para ajudar Cabo Verde a criar sistema de busca e salvamentos

(D.R)

Praia – O Brasil vai apoiar Cabo Verde na implementação do seu sistema nacional de busca e salvamento, declarou terça-feira na cidade da Praia o ministro brasileiro das Relações Exteriores, Mauro Iecker Vieira.

(D.R)
(D.R)

Em declarações à imprensa, após um encontro de trabalho com o seu homólogo cabo-verdiano, Jorge Tolentino, o governante brasileiro garantiu a disponibilidade do Brasil para
apoiar a formação de um grupo de resgate e salvamento neste país, que, conforme recordou, “está situado no Oceânico Atlântico, entre África e o Brasil”.

Mauro Iecker Vieira, que realizou terça-feira uma visita de pouco mais de 24 horas a Cabo Verde, explicou que a criação do sistema nacional de buscas e salvamento é um projecto
não só do interesse do Governo cabo-verdiano, mas também dos Estados da região e do Brasil, uma vez que, frisou, compartilham uma grande frente no Oceano Atlântico.

Por sua vez, o ministro cabo-verdiano das Relações Exteriores sublinhou que a criação do sistema nacional de buscas e salvamento “é algo de uma importância extraordinária para
Cabo Verde, um país que está no meio do Atlântico e que tem compromissos no domínio da navegação aérea e marítima”.

Considerou a sua criação como “um engajamento extraordinário para Cabo Verde neste momento”.

Num encontro com jornalistas, os dois governantes sublinharam ainda o reforço da cooperação nas áreas da educação, da defesa, das energias renováveis, o apoio do Brasil para a afirmação de Cabo Verde e o reforço da conectividade aérea e marítima entre os dois países.

A cooperação entre os dois países remonta a 1975, logo após a independência do arquipélago cabo-verdiano, um dos principais parceiros em projectos de cooperação brasileiros no continente africano.

Cabo Verde é também o principal beneficiário do Programa de Estudantes – Convénio de Graduação (PEC-G) – que, desde 2000, possibilitou o envio de quase três mil estudantes
cabo-verdianos a universidades brasileiras.

A visita de Mauro Vieira a Cabo Verde insere-se num périplo iniciado desde sexta-feira última a um grupo de países africanos, nomeadamente a República Democrática do
Congo, os Camarões e o Senegal. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA