Bié: Ex-refugiados beneficiam do registo de nascimento gratuito

BIÉ: MATEUS BALANGA - DELEGADO PROVINCIAL DA JUSTIÇA (Foto: Angop)

Cuito – Cerca de oitocentos ex-refugiados reassentados na província do Bié, fundamentalmente idos das repúblicas da Zâmbia e do Congo Democrático, beneficiaram no I primeiro semestre deste ano (2015) do registo gratuito de nascimento.

BIÉ: MATEUS BALANGA - DELEGADO PROVINCIAL DA JUSTIÇA (Foto: Angop)
BIÉ: MATEUS BALANGA – DELEGADO PROVINCIAL DA JUSTIÇA (Foto: Angop)

A informação foi prestada hoje, terça-feira, à Angop na cidade do Cuito, pelo delegado provincial da Justiça, Mateus Balanga, tendo salientado que, as crianças e os adultos registados tiveram, igualmente direito a certidões narrativas completas, cédulas pessoais e consequentemente o bilhete de identidade.

Pontualizou que, a delegação provincial da Justiça instalou uma brigada de registo no Centro de Transição dos Refugiados, situado no centro administrativo do Cuquema, 18 quilómetros a Sudoeste da cidade do Cuito.

A província do Bié prevê receber ainda este ano dois mil e 846 refugiados, destes alguns ficarão na casa de trânsito para posteriormente seguirem as províncias do Huambo, Cuando Cubango e Benguela, suas zonas de origem. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA