Assaltantes de bancos apanhados

Banco de Comércio e Indústria (BCI) (Foto: Angop)

O grupo de dez indivíduos, nove dos quais já detidos, que assaltaram, na semana passada, uma agência do Banco de Comércio e Indústria (BCI) no Morro Bento pretendia assaltar só este mês dez agências bancárias em Luanda.

Banco de Comércio e Indústria (BCI) (Foto: Angop)
Banco de Comércio e Indústria (BCI) (Foto: Angop)

A revelação foi feita ontem pelos assaltantes, um dos quais um jovem que vive na Holanda e que vinha a Luanda para organizar assaltos a agências bancárias, durante uma cerimónia de apresentação à comunicação social.

Na operação policial, que levou à detenção dos nove elementos da rede, também acusada de assaltar uma agência do Finibanco, no Icolo e Bengo, o Serviço Provincial de Investigação Criminal recuperou parte do dinheiro roubado dos dois bancos comerciais e alguns bens, como viaturas adquiridas com dinheiro dos assaltos.

O indivíduo residente na Holanda revelou que, com o que recebeu na divisão do dinheiro roubado do Finibanco, comprou uma casa naquele país da Europa. Do Finibanco os presumíveis ladrões levaram dólares e kwanzas.

“Se for ao câmbio do dia, creio que levámos um milhão e tal”, disse o suspeito, que revelou ter ficado com “cento e tal mil dólares”, montante utilizado na compra da casa na Holanda.

O porta-voz do Serviço Provincial de Investigação Criminal, superintendente Fernando de Carvalho, informou que, da agência do Banco de Comércio e Indústria, no Morro Bento, a rede de assaltantes roubou mais de 15 milhões de kwanzas, 8.180 euros, 5.740 dólares e 50 libras.

No assalto à agência do BCI os assaltantes efectuaram disparos, ferindo dois clientes que estavam no interior do estabelecimento. (Jornal de Angola)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA