Angola prepara emissão de eurobonds

(D.R.)
(D.R.)
(D.R.)

O Governo está a preparar uma emissão de eurobonds no valor de cerca de 1,5 mil milhões USD, devendo uma equipa liderada pelo ministro das Finanças, Armando Manuel, partir, nos próximos dias, para um roadshow em algumas das principais praças europeias, para divulgar a iniciativa e as suas características junto de investidores internacionais, sabe o Expansão.

Ao que o Expansão apurou, o roadshow poderá arrancar hoje (25 de Setembro) e prolongar-se até 5 de Outubro. A preparação de uma emissão de eurobonds – obrigações, ou títulos de crédito, emitidos por um Estado, em moeda diferente da nacional num país estrangeiro – foi confirmada há duas semanas pelo governador do Banco Nacional de Angola, José Pedro de Morais Júnior, numa conferência no âmbito da Semana do Brasil em Angola.

“Estamos a apoiar o Executivo na condução de um projecto de colocação de eurobonds, no valor de 1,5 mil milhões USD, previsto para este mês de Setembro”, disse o responsável, que enquadrou a iniciativa no conjunto de esforços realizados para Angola “levantar recursos que permitam ultrapassar esta etapa de forma amena para as actividades económicas”.

No âmbito deste esforço, lembrou, Angola celebrou “acordos bilaterais de financiamento com a China e o Japão, e também com organizações multilaterais, como o Banco Mundial e o Banco Africano de Desenvolvimento”. A par destes acordos, disse, Angola está a renegociar financiamentos bilaterais com o Brasil e a China, “com vista a reduzir os pagamentos previstos para 2015 e 2016”.

A 9 de Fevereiro, recorde-se, o Presidente da República autorizou a Goldman Sachs, o BNP Paribas e o Banco Internacional e Comercial da China a liderarem a colocação da emissão, um projecto que tem sido adiado desde 2013.

O Expansão não conseguiu apurar se as taxas a pagar pelas eurobonds serão fixas ou flutuantes, e se poderão ser permutáveis. Contactado, o Ministério das Finanças não quis fazer comentários. (expansao.ao)

Por: Ricardo David Lopes

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA