Angola Cables participa no Fórum Europeu sobre Peering

Angola Cables (DR)
Angola Cables (DR)
Angola Cables (DR)

A Angola Cables estará presente na décima edição do “European Peering Forum” (EPF), em Madrid, Espanha, entre os dias 21 e 23 do corrente mês.

O evento, que tem uma periodicidade anual e que vai receber 250 especialistas e gestores de peering, servirá para discutir formas de fortalecimento do peering com debates produtivos e criar um ambiente para a extensão dos acordos existentes de troca de tráfego. Outro momento importante será a partilha de informações e experiências benéficas para toda a comunidade de troca de tráfego (peering).

Além de uma agenda com diversos painéis, o evento, de três dias, contemplará espaços para reuniões particulares entre os participantes. “Uma vista de Interligação a partir de 2025”, “Peering Remoto: Mais Peering sem Internet Flattening”, “Estado do Peering Africano”, e “Estratégias de fazer backup de conexões IXP” são alguns dos temas a serem discutidos.

Recorde-se que a Angola Cables realizou, a 8 de Setembro, em Luanda, o Angonix Peering Workshop, onde se discutiu a partilha de tráfego e de conteúdos entre os Provedores de Serviços de dados e voz (ISPs), conhecido como peering. O workshop visou divulgar também, entre os profissionais do sector das telecomunicações, a plataforma que tem como missão garantir o peering nacional e regional, denominada Angonix.

Sobre Angola Cables

A Angola Cables é uma empresa criada em 2009 por 5 dos principais operadores de telecomunicações de Angola, sendo que a principal actividade da empresa é a gestão das comunicações internacionais entre Angola e o resto do Mundo, através de cabos submarinos de fibra óptica. A sua actividade visa suportar o desenvolvimento do sector das telecomunicações em Angola e em África, bem como garantir aos operadores nacionais ligações internacionais de elevada qualidade e ainda fornecer interligação entre os operadores da região, assim como entre eles e o mundo. (Angola Cables)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA