40º aniversário da independência é momento de reflexão, diz Georges Chikoti

Ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti (Foto: Pedro Parente)
Ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti (Foto: Pedro Parente)
Ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti (Foto: Pedro Parente)

O ministro das Relações Exteriores, Georges Rebelo Chikoti, considerou, terça-feira, em Luanda, que o quadragésimo aniversário da Independência de Angola, que se assinala a 11 de Novembro “é um bom momento de reflexão” para todos os angolanos.

O chefe da diplomacia angolana falava, à Angop, momentos antes de deixar Luanda com destino à Itália, a fim de participar na cerimónia do Dia de Angola na Expo Milão 2015, que se assinala quinta-feira (17), em homenagem ao herói nacional, o presidente António Agostinho Neto.

Para o ministro, os 40 anos da independência nacional simbolizam a maturidade e o crescimento de uma nova Angola em todas as vertentes e com maior esperança de vida para os cidadãos.

Segundo o ministro, a guerra que assolou o país durante cerca de três décadas inviabilizou o crescimento e desenvolvimento de Angola, mas hoje os angolanos podem dedicar-se a reconstrução do país.

“Durante os 40 anos tivemos fases difíceis. Refiro-me ao período de conflito armado, em que ficamos divididos por muitos anos, mas hoje estamos a viver os melhores momentos da nossa independência, depois da reconciliação de há 13 anos, o que faz da Angola de hoje um país mais adulto” sublinhou. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA