Unita começa a auscultar sociedade civil para o seu congresso

(UNITA)
Bandeira da UNITA (AP)
Bandeira da UNITA (AP)

A Unita diz que vai começar a receber manhã, 27, sugestões da sociedade civil sobre o partido a serem apresentadas no seu congresso em Dezembro.

O partido anunciou ter criado um gabinete em todas as províncias do país para receber as sugestões e críticas da sociedade civil sobre o que pensam  e como actuar a Unita.

O grande ponto de interesse deste conclave é saber se Isaías Samakuva, actual presidente, avança ou não para mais um mandato à frente dos destinos do partido do Galo Negro.

A data para o início das candidaturas está fixada de 15 a 25 de Outubro, disse o porta-voz da comissão organizadora do congresso Rúben Sicato.

“Os estatutos não limitam os mandatos, por isso só,Isaias Samakuva saberá se vai ou não candidatar-se”, disse.

Outro assunto que tem sido polémico é o limite de mandatos do presidente do partido que são ilimitados. Em debate estará uma possível revisão dos estatutos neste ponto.

“Nós vamos neste congresso fazer uma revisão dos estatutos e tudo vai depender dos delegados ao congresso”, garantiu Rúben Sicato. (voa.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA