Ucrânia: Um morto e dezenas de feridos durante protestos frente ao parlamento

(euronews.com)
(euronews.com)
(euronews.com)

Kiev volta a ser palco de violência, durante o voto da reforma da descentralização.

Pelo menos um polícia morreu e quase uma centena ficaram feridos, durante um protesto violento, frente ao parlamento, protagonizado por militantes ultranacionalistas.

A manifestação, inicialmente pacífica, degenerou em violência depois dos deputados aprovarem, em primeira leitura, a reforma prevista nos acordos de paz.

A explosão de uma granada frente ao edifício, alegadamente lançada por um militante de um partido ultranacionalista, criou o caos entre os manifestantes, visando dezenas de polícias e militares da guarda nacional.

As autoridades detiveram mais de 30 pessoas, entre as quais o suposto autor do lançamento de uma granada sobre o parlamento.

Pelo menos 120 pessoas encontram-se hospitalizadas com ferimentos diversos.

A vítima mortal, um polícia de 25 anos teria sido atingida por uma bala no coração.

A reforma votada no interior do parlamento, abre caminho à concessão de mais autonomia para as regiões de Donetsk e Luhansk, na sequência dos acordos assinados em fevereiro para pacificar o conflito no leste do país.

Tanto separatistas como nacionalistas rejeitam a medida, aprovada no entanto no parlamento com 265 votos.

O governo de Petro Poroshenko necessita ainda, do apoio de dois terços dos deputados, na votação em segunda leitura, nos próximos meses, para poder aprovar definitivamente a medida. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA