Ucrânia e separatistas vão se empenhar por cessar-fogo pleno a partir de setembro

(REUTERS)
(REUTERS)
(REUTERS)

A Ucrânia e separatistas pró-Rússia, em um gesto para reforçar um frágil cessar-fogo, concordaram nesta quarta-feira em se empenhar para encerrar qualquer violação à trégua a partir da próxima terça-feira, disseram a Organização para Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) e representantes rebeldes.

Os dois lados concordaram com um cessar-fogo entre as suas forças no leste da Ucrânia em Fevereiro, paralelamente a uma negociação política que incluiu planos para uma eleição local e o estabelecimento de um status especial de autogestão para regiões controladas por separatistas.

Mas confrontos esporádicos entre as duas forças em que armas de artilharia, entre outras, foram utilizadas e civis, soldados ucranianos e separatistas foram mortos enfraqueceram a trégua.

Ambos os lados culparam um ao outro pelas violações.

“O ‘grupo de contacto’ trilateral considera ser importante alcançar um cessar-fogo sólido desde o início do próximo ano escolar”, disse o representante da OSCE, Martin Saidik, a jornalistas em Minsk, capital de Belarus.

O chamado “grupo de contacto” com representantes de Ucrânia, Rússia e grupos separatistas  vai-se reunir, sob coordenação da OSCE. (reuters.com)

por Andrei Makhovsky

reuters_tickers

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA