Tecnologia enquanto elemento diferenciador na gestão de recursos humanos

(D.R.)
(D.R.)
(D.R.)

A forma como individualmente nos relacionamos, comunicamos e organizamos o dia-a-dia mudou dramaticamente nos últimos anos.

Perante esta realidade, observam-se actualmente, a nível mundial, algumas tendências ao nível das TI utilizadas na gestão dos RH. Por um lado, a aproximação da tecnologia aos colaboradores, com uma utilização cada vez maior do self-service de elevada usabilidade e de aplicações móveis, bem como de ferramentas de colaboração social e das redes sociais, ajudam a agilizar os processos e a tornar a organização mais eficiente.

Por outro, o amadurecimento da tecnologia Software as a Service (SaaS) como líder no suporte à função RH. As soluções SaaS são cada vez mais seleccionadas para suportar a gestão de talento, e as grandes empresas globais já optam por esta tecnologia para suporte à gestão da sua base de dados central de colaboradores e do seu talento, dados os benefícios que podem obter na rapidez da implementação, no menor investimento global, na contínua inovação e na maior usabilidade e mobilidade.

É ainda de referir a valorização do potencial do colaborador através da utilização de aplicações estratégicas. Há uma crescente procura de aplicações (integradas nos sistemas centrais de gestão de RH e noutras aplicações específicas do negócio) para gerir o talento e planear e analisar a força de trabalho, através de capacidades analíticas fortes de apoio à tomada de decisão, e consolidação e harmonização global de sistemas de RH.

As empresas (muitas vezes em simultâneo com a criação de centros de serviços partilhados) estão a consolidar o seu parque de soluções de gestão de RH para reduzir custos, ao mesmo tempo que criam uma base sólida para viabilizar a gestão de talento numa perspectiva global, bem como a gestão analítica de RH.

Em Angola, nota-se um forte interesse no investimento na área de gestão de capital humano, procurando apostar no conhecimento e aplicação das melhores práticas e no desenvolvimento do talento dos colaboradores. Há ainda algum caminho a percorrer para acompanhar as tendências actuais, mas existe um forte interesse e vontade de desenvolver a área, o que é um excelente ponto de partida.

Reforçando o que foi referido anteriormente, o objectivo nº. 1 das organizações de alto desempenho é aumentar a eficiência e produtividade dos seus colaboradores. Essas organizações procuram nas TI de gestão de RH o apoio necessário para atingir esse objectivo. Em simultâneo, o mercado das TI de gestão de RH tem estado a mudar radicalmente de um foco na gestão mais administrativa para uma gestão de talento, na análise da informação para tomada de decisões e na facilitação da colaboração.

A influência da evolução ao nível digital veio ainda impulsionar esta mudança, abrindo novos horizontes ao nível do meio para atingir o fim. O fundamental para a área de RH é acompanhar o nível de maturidade da sua organização e assegurar que tem as ferramentas adequadas disponíveis, no momento certo, para facilitar uma gestão eficiente – e esta deve ser a premissa das empresas em Angola.

As TI de Gestão de RH trazem largos benefícios para toda a organização, desde a área de RH às chefias e colaboradores. Este aumento da utilização das TI tem vindo a permitir, por um lado, aumentar a visibilidade dos resultados de cada processo de RH e, consequentemente, a capacidade de gestão de pessoas por parte das chefias e RH através da sistematização dos dados e possibilidade de utilização de uma componente analítica sobre bases de dados harmonizadas, que permitem ver resultados consolidados e em tempo real. Por outro, possibilita ainda o aumento da fiabilidade da informação, através da aproximação dos dados a quem os controla, as pessoas e as suas chefias.

Melhora igualmente o serviço da área de RH, através do foco na gestão de pessoas em detrimento do foco na gestão administrativa: Maior descentralização de processos => menor fluxo de papéis e processos manuais, que facilita a eficiência dos processos, através do suporte disponibilizado pela ferramenta online e dos workflows de aprovação que possam ser configurados, que ajudam a reduzir o tempo total de execução de um processo.

Outra vantagem é que permite aumentar a colaboração entre as pessoas, através da utilização de modelos de colaboração online, que facilitam o diálogo e celeridade na resolução de questões, e melhora a satisfação e motivação dos colaboradores, graças a um melhor serviço de gestão de RH da organização e a uma aproximação dos dados aos colaboradores através de serviços de self-service, através de ferramentas simples e que incentivam a colaboração. (expansao.ao)

Por: Sandra CarvalhoSenior Manager da Accenture Technology

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA