Sócrates pode ofuscar debate entre Passos e Costa. Eis o porquê

(D.R)

Momento alto da campanha às eleições pode ser ofuscado por libertação de José Sócrates.

(D.R)
(D.R)

O dia 9 de setembro foi escolhido para o frente-a-frente, nas televisões nacionais, entre os líderes do PSD e PS. O confronto, só por si, já prometia fazer animar o dia em termos políticos, mas há a possibilidade de um novo caso vir ofuscar por completo o debate politico entre os principais candidatos às legislativas.

O protagonista, como não poderia deixar de ser, é José Sócrates e em causa está a sua possível libertação do Estabelecimento Prisional de Évora.

O Diário de Notícias recorda que o dia 9 de setembro é o último dia que o juiz Carlos Alexandre tem para rever a prisão preventiva do ex-primeiro-ministro. E se continuar a agir como até agora, será precisamente apenas no último dia que anunciará um veredito final.

A libertação de José Sócrates pode ser uma realidade, dado que em junho o juiz já aceitou mudar a prisão preventiva para a domiciliária (Sócrates recusou) e que mais cedo ou mais tarde (no máximo até novembro) Sócrates terá de ser libertado, pois o juiz já anunciou que até ao final deste ano este não tem condições para deduzir uma acusação e o prazo limite da prisão preventiva está a chegar ao fim.

A acontecer, Sócrates vai assim voltar roubar atenções aos protagonistas das legislativas, sobretudo a António Costa.

Fontes dos dois partidos e da televisões garantem que nenhuma das partes teve este aspeto em consideração quando decidiu qual seria a data do debate. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA