Salgado desmente ter passado bens para nome de familiares

(DR)
(DR)
(DR)

Ex-presidente do BES nega ter passado património para o nome da mulher e dos filhos.

Um comunicado enviado às redações pela assessoria de imprensa de Ricardo Salgado dá conta de que é “falsa” a notícia difundida esta sexta-feira, adiantando que o ex-presidente do Banco Espírito Santo transferiu património para a mulher e para os filhos.

O desmentido diz respeito à notícia avançada pelo Sol de que 273 prédios e 346 frações deixaram de estar no nome de Ricardo Salgado e passaram, em março do ano passado, para os nomes de Maria João Bastos Salgado (mulher) e Catarina, Ricardo e José Salgado (filhos). Esta transferência de propriedade foi feita através da Sociedade de Administração de Bens Pedra da Nau.

“Esta notícia é falsa. Confunde alterações na composição do Conselho de Administração de uma sociedade com transferência de bens, refere ‘273 prédios e 346 frações que passaram para a esposa de Salgado’ o que é uma pura falsidade e fantasia. Atribui aos bens arrestados à sociedade Pedra da Nau, S.A. um valor de 1,8 mil milhões de euros que é, igualmente, mais uma pura fantasia”, pode ler-se no comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

“A única transferência de ações da sociedade Pedra da Nau, S.A. efetuada pelo Dr. Ricardo Salgado foi de uma posição minoritária sem relevância significativa, dando execução a uma decisão há muito tomada e com total transparência”, faz sobressair a mesma nota. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA