Roupa usada é recolhida para projectos em África

Peças de roupas doadas (D.R)

A ONG Associação Humana recolhe roupas antigas que podem ser aproveitadas por outras famílias e transformadas em dinheiro para financiar projectos de educação, agricultura e saúde no continente africano.

 Peças de roupas doadas (D.R)
Peças de roupas doadas (D.R)

Com mais de 1.700 contentores distribuídos pelo território português, principalmente no Algarve e na região de Lisboa, a associação não-governamental para o desenvolvimento tem 63 colaboradores e recolhe cerca de cinco mil toneladas de roupa e sapatos usados por ano.

Após uma selecção, mais de metade do total recolhido é destinado a África, outra parte é distribuída a famílias carenciadas em Portugal e algumas peças vão para as lojas Humana, onde são vendidas a preços baixos.

Alguma roupa recolhida pode ser vendida a um cliente externo de países como Espanha ou Tunísia, dependendo do “stock” existente e daquilo que pretendem, e oito por cento do que é recolhido não tem qualquer aproveitamento e destina-se à reciclagem, disse à agência Lusa a gestora da ONG Cristina Marques.

Programas de cooperação

No ano passado, a associação enviou de Portugal bens no valor de 495 mil euros para a Guiné-Bissau e Moçambique, e este ano o objectivo era chegar aos 550 mil euros.

Em África, a associação realiza programas de cooperação para aumentar os níveis de formação e melhorar a produtividade da agricultura e a saúde com parceiros locais. Várias comunidades em África, sobretudo as do meio rural, recebem regularmente ajuda de organizações humanitárias internacionais, um gesto que é reconhecido pelos governos de países do continente. (ja.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA