Responsável encoraja sapadores do INAD a primarem pelo profissionalismo

Vice-governador para Área do Sector Politico e Social,Manuel Campo (Foto: Angop)

Malanje – O vice-governador provincial de Malanje para o sector político e social, Manuel Campo, encorajou quinta-feira, nesta cidade, os sapadores do Instituto Nacional de Desminagem (INAD) a primarem pelo profissionalismo e coragem, tendo em conta o risco de vida que correm durante os trabalhos de desminagem.

Vice-governador para Área do Sector Politico e Social,Manuel Campo (Foto: Angop)
Vice-governador para Área do Sector Politico e Social,Manuel Campo (Foto: Angop)

Manuel Campo, que falava durante a cerimónia de entrega da nova área desminada pelo INAD, localizada no sector do Quéssua, acrescentou que trabalhar com minas e outros engenhos explosivos é uma actividade muito perigosa e que exige maior concentração dos sapadores, para que não haja acidentes.

Fez saber que durante o conflito armado a província de Malanje foi uma das mais minadas no país, daí que há toda necessidade de se acabar com esses engenhos que ameaçam a integridade dos seus munícipes.

Na ocasião, o chefe do departamento provincial do INAD, Marcos Domingos dos Santos, precisou que o campo com uma extensão de 108 mil metros quadrados, que albergará a construção dos novos centros emissores da televisão Pública de Angola (TPA) e da Rádio Nacional de Angola (RNA), foi limpo num período de 10 meses.

Precisou que durante o processo de desminagem no sector do Quéssua foram recolhidos um total de 17 mil 315 metais diversos, minas anti-tanque e pessoal, projécteis, granadas, entre outros engenhos explosivos não detonados.
A província de Malanje conta com 4 brigadas de desminagem, nomeadamente o INAD, Casa de Segura do Presidente da República (CSPR) e duas das Forças Armadas Angolanas (FAA). (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA