Religiosos doam sangue na maternidade e pediatria do Lubango

DAR SANGUE É SALVAR VIDAS (Foto: Júlio Vilinga)

Lubango – Quinhentos fiéis da igreja universal do reino de Deus doaram sábado, no município do Lubango, Huíla, sangue aos hospitais pediátrico e maternidade, ambos de categoria provincial, no quadro do programa social da denominação religiosa.

DAR SANGUE É SALVAR VIDAS (Foto: Júlio Vilinga)
DAR SANGUE É SALVAR VIDAS (Foto: Júlio Vilinga)

A acção visou dar resposta a gritante falta de sangue que os hospitais de referência enfrentam no município do Lubango, e não só, no sentido de se salvarem vidas.

O responsável da área de hemoterapia, Manuel Castro, elogiou o gesto porque vai ajudar a suprir a carência de sangue, principalmente dos grupos A e B, pois que nos nossos dias são poucas as iniciativas do género.

Os doadores consideraram importante a acção, visto que vai minimizar as dificuldades com que os hospitais se deparam no seu dia-a-dia, sobretudo, na maternidade, cuja especificidade exige quantidades consideráveis de sangue para o êxito do trabalho de parto.

“A igreja tomou a iniciativa com base na palavra de Deus, é uma atitude em obediência a palavra de Deus e de amor ao próximo”, justificaram ao acrescentar que a bíblia diz que devemos amar acima de tudo ao próximo e a nós mesmos.

Por sua vez, o pastor da denominação, Umberto de Almeida, atribuiu à acção um significado extremo, “porque na maternidade nascem todos os dias novos angolanos e por isso a igreja se prontificou a dar este apoio, não é suficiente, mas vai ajudar”. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA