Recorde dramático de vítimas civis no conflito armado do Afeganistão (Vídeo)

(euronews.com)
(euronews.com)
(euronews.com)

O número de vítimas civis do conflito armado no Afeganistão atingiu um novo recorde e aproximou-se das 5000 na primeira metade deste ano face aos últimos sete anos. No relatório semestreal publicado pela Missão das Nações Unidas para o Afeganistão (UNAMA, na sigla inglesa), o número de vítimas civis subiu 1 por cento face ao mesmo período (janeiro-junho) do ano passado e fixa-se agora nos 4921.

O destaque vai para o agravamento do número de vítimas civis entre crianças e mulheres. O primeiro grupo registou um aumento de 13 por cento, passando de 1123 (323 mortos/ 800 feridos) da primeira metade de 2014 para 1270 (320/ 950) nos primeiros seis meses de 2015 – salientamos a ligeira descida no número de crianças mortas este ano, mas lamenta-se o agravamento do registo de feridas. Em média, uma em cada quatro vítimas civis deste conflito armado é uma criança.

Entre as mulheres, o agravamento foi de 23 por cento, passando de 455 (153/ 302) para 559 (164/ 395), o que representa 11 por cento da globalidade de vítimas civis do conflito armado — no ano passado, entre janeiro e junho, foram 9 por cento. Em média, por cada semana da primeira metade deste ano, mais de 21 mulheres são mortas ou ficam feridas na sequência de atos de violência relacionados com o conflito armado afegão. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA