RD Congo: Antigo rebelde “Terminator” Ntaganda começa a ser julgado quarta-feira

SIMBOLO DO TPI (Foto: Angop)

Ntaganda, conhecido pelos seus pares por “Terminator”, é acusado de crimes contra a humanidade na República Democrática do Congo, nomeadamente, violação de menores , utilização de soldados- crianças, entre outros.

SIMBOLO DO TPI (Foto: Angop)
SIMBOLO DO TPI (Foto: Angop)

O juiz Robert Fremr vai presidir a audiência a partir de 09H30 (07h30 GMT – 08h30 de Angola) quarta-feira em Haia, escreve  Jan Hennop para a AFP.

A procuradora Fatou Bensouda vai tomar a palavra antes da intervenção dos Ntaganda, porque os 2.149 vítimas não apresentar igualmente declarações liminares.

O antigo rebelde de 41 anos, vai responder por 13 acusações chaves por crimes de guerra e cinco crimes contra a humanidade.

Segundo a acusação, Bosco Ntaganda jogou com as suas tropas das Forças Patrióticas para a Libertação do Congo (FPLC), papel central na violência étnica e ataques levadas a cabo contra civis em Ituri, nordeste do Congo-Democrático, em 2002 e 2003.

O processo  contra Bosco Ntaganda é o quarto em que o  acusado é um congolês no TPI, que fez da violência na RD Congo como alvo do seu primeiro inquérito. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA