Quitandeiras sensibilizadas sobre venda ilegal

LOGOTIPO DA FUNDAÇÃO LWINI (Foto: Angop)

As quitandeiras do mercado São Paulo, no distrito urbano do Sambizanga, foram sensibilizadas hoje, pelos membros do programa “Educar é nossa missão”, da Fundação Lwini em consonância com o Gabinete para Cidadania e Sociedade Civil, sobre as consequências da venda anárquica e desordenada em ruas.

LOGOTIPO DA FUNDAÇÃO LWINI (Foto:  Angop)
LOGOTIPO DA FUNDAÇÃO LWINI (Foto: Angop)

De acordo com a porta-voz do programa, Paula Contreiras, a organização está a intensificar as acções de sensibilização no sentido de desencorajarem a venda anárquica e desordenada nas ruas e encaminhar para os mercados.

A responsável lamentou o facto de ainda existirem muitas pessoas a vender em ruas, provocando dificuldades de várias ordens, quando há muitos espaços vagos em vários mercados construídos pelo governo, em todos os municípios e distritos urbanos.

Durante a palestra, os membros distribuíram vários desdobráveis com informações de sensibilização sobre comportamentos cívicos morais.

O referido programa tem como objectivo promover campanhas de sensibilização e divulgação para mudança de comportamentos e a prática de boas acções, no seio das famílias e da sociedade.

Paula Contreiras fez saber que doravante as palestras serão realizadas todas as sextas e sábados em vários mercados. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA