“Próximos quatro anos serão evidentemente melhores e mais previsíveis”

Paulo Portas (D.R)

Paulo Portas acredita nos números da economia e que estes contribuem para que os próximos anos sejam melhores.

Paulo Portas (D.R)
Paulo Portas (D.R)

O vice-primeiro-ministro, quando questionado sobre a divulgação dos números da execução orçamental, reagiu de forma positiva, mostrando que a economia portuguesa está a reagir bem e a crescer.

“Os números de confiança na nossa economia estão a melhorar, o crescimento tornou-se mais sólido, a criação de emprego está a subir, o investimento disparou e as exportações estão a portar-se bem”, congratulou Paulo Portas, garantindo que a agricultura “dá uma ajuda”.

O líder centrista explicou que o “investimento é a condição da criação de emprego, é preciso garantir a confiança, garantir o investimento, para garantir a criação de emprego”.

Assim, Paulo Portas crê que “é expetável que haja notícias positivas mas é preciso aguardar pelos números”, salvaguardando que “os próximos quatro anos serão evidentemente melhores e mais previsíveis” do que os do passado. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA