Presidente israelita alerta para risco de isolamento por causa o acordo com Irão

Presidente israelita, Reuven Rivlin (AFP)
Presidente israelita, Reuven Rivlin (AFP)
Presidente israelita, Reuven Rivlin (AFP)

O presidente israelita, Reuven Rivlin, alertou que as diferenças entre os Estados Unidos e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, sobre o acordo nuclear iraniano podem isolar o Estado judeu.

O presidente americano, Barack Obama, defendeu vigorosamente na quarta-feira o acordo com o Irão e mencionou Israel como o único opositor público ao mesmo.

“Estou muito preocupado com a batalha entre Obama e Netanyahu e pelas relações entre Israel e os Estados Unidos”, declarou Rivlin ao jornal Maariv.

“O primeiro-ministro está em campanha contra os Estados Unidos, como se fôssemos iguais, e isso pode afectar Israel”, acrescentou.

“Estamos muito isolados no mundo de hoje… Eu não sou um pessimista, mas pela primeira vez eu vejo que estamos sozinhos”, disse ele na entrevista, realizada antes do discurso de Obama. Netanyahu não reagiu ao discurso de Obama e funcionários do gabinete do primeiro-ministro, questionados pela AFP, não quiseram comentar.

Obama recusou encontrar-se com Netanyahu durante a visita do primeiro ministro israelita a Washington, em Março. (swissinfo.ch)

afp_tickers

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA