Polícia Nacional quer a população mais participativa

Policiais (Foto: Angop)
Policiais (Foto: Angop)
Policiais (Foto: Angop)

O comandante de divisão do distrito urbano da Samba, superintendente-chefe Gabriel Capusso, pediu à população que denuncie todos os actos criminosos.

Gabriel Capusso, que falava domingo na Paróquia Imaculado Coração de Maria-Centro Santo António Maria Claret, no Morro Bento, apelou à população para estar mais próxima da Polícia, no âmbito da estratégia de policiamento da criminalidade.

O comandante da divisão e todos os comandantes das esquadras da Samba que o acompanharam à paróquia distribuíram os seus contactos telefónicos para que sejam denunciados quaisquer actos criminosos de que a população tenha conhecimento.

Gabriel Capusso disse estar preocupado com a situação delituosa na Samba.

Encontros do género têm sido realizados em toda a província de Luanda, no âmbito de uma estratégia que incide na necessidade de haver cada vez mais uma maior interacção com as comunidades locais, uma premissa que, sendo materializada, vai levar à detenção de um número expressivo de delinquentes, alguns dos quais inimputáveis, que tiram diariamente o sossego das populações. (ja.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA