Polícia Nacional pretende esclarecer caso de USD um milhão encontrado em avião com destino a China

Aristófanes dos Santos – Porta voz do Comando Geral da Polícia Nacional (Foto: Angop/Arq.)
Aristófanes dos Santos – Porta voz do Comando Geral da Polícia Nacional (Foto: Angop/Arq.)
Aristófanes dos Santos – Porta voz do Comando Geral da Polícia Nacional (Foto: Angop/Arq.)

Um processo investigativo para esclarecer o caso dos USD um milhão e 32 mil dólares encontrados na aeronave das Linhas Aéreas de Angola (TAAG) no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, num voo com destino a República da China foi aberto quarta-feira pelo Comando Geral da Polícia Nacional (CGPN).

Em declarações hoje, quinta-feira, à Angop o porta-voz da Polícia Nacional, comissário Aristófanes dos Santos, disse que pelo facto de não haver qualquer reclamação e por ser um crime de natureza pública foi aberto um processo investigativo, para se apurou os supostos envolvidos e chegar até ao proprietário dos valores monetários.

Avião TAAG (Foto: Francisco Miúdo)
Avião TAAG (Foto: Francisco Miúdo)

“ Foram usados meios ilícitos de forma a fazer entrar os valores para dentro do avião, sem passar pelos procedimentos legais, e até o momento o dono ainda não apareceu, e admitimos a hipótese de estarem envolvidas outras pessoas que funcionam no aeroporto, por meio de aliciamento”, sublinhou.

De acordo com o oficial, apesar do sucedido, o sistema de segurança no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro é eficaz, e começa desde o ponto de inspecção, pré-embarque e embarque.

Aristófanes dos Santos assegurou, por outro lado, que esta reforçado o sistema de segurança para conter a saída ilícita de capitais, tráfico de drogas e marfim.

Na terça-feira o comandante da aeronave encontrou os USD. 1.032.000.00 num dos assentos da classe executiva do VOO de DT-0690 da TAAG, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, momentos antes da descolagem para a cidade de Pequim, República da China. (portalangop.co.ao)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA