Polícia Judiciária investiga paquistanês que comprou casa de Sócrates

(D.R)

Escritura do imóvel foi assinada no início do presente mês de agosto.

(D.R)
(D.R)

Muhammad Makdoo Ali está a ser investigado pela Polícia Judiciária. A notícia é avançada esta quinta-feira pelo jornal i que adianta que em causa estão suspeitas de branqueamento de capitais.

Recorde-se que o advogado e antigo procurador-geral do Paquistão pagou 675 mil euros pelo apartamento que José Sócrates detinha na rua Braamcamp, no centro de Lisboa.

Com este investimento, Muhammad Makdoo pôde candidatar-se a uma Autorização de Residência para a Atividade de Investimento (ARI), mais conhecida por visto gold.

No entanto, devido à investigação que está em curso o processo será atrasado uma vez que, como explica o jornal i, as regras para a atribuição deste tipo de autorizações preveem que seja primeiro concluída a investigação. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA