Petro apostado em travar o líder

(jd.ao)

O técnico Alexandre Grasseli do Petro de Luanda quer uma equipa acutilante.

(jd.ao)
(jd.ao)

O técnico do Petro de Luanda disse ao Jornal dos Desportos que está expectante em relação a um resultado positivo no jogo com o campeão, Recreativo do Libolo, no sábado, referente à 23ª jornada do Girabola. “As expectativas para o jogo deste sábado, são maiores e acreditamos que podemos vir a ter bom resultado” disse o treinador da equipa tricolor que trabalhou à tarde vários aspectos, voltando a fazer o mesmo hoje no mesmo período, para definir o onze inicial.O empate a zero bola em casa do CR da Caála na jornada anterior dá de certa forma algum alento à equipa petrolífera que pretende fazer jogos com melhores resultados e qualidade.

Isso está patente no rosto dos jogadores e equipa técnica que trabalha para travar a marcha do líder da prova o (CR do Libolo) em jogo da 23ª jornada do campeonato nacional de futebol de primeira divisão, Girabola 2015 a ter lugar no sábado as 16.00 horas no Estádio 11 de Novembro, no Camama.Sempre rigoroso no aspecto disciplinar dos atletas, o técnico Alexandre Grasseli, do Petro de Luanda, quer uma equipa acutilante com jogadores mais activos dentro de campo ao longo dos 90 minutos.

“O comprometimento e companheirismos dos jogadores entre eles é o que pedimos”, referiu há dias ao Jornal dos Desportos, quando defendia que os jogadores deve estar mais próximos entre si de forma a terem um entrosamento melhor.”O nosso grupo tem muitos bons jogadores e, nesse sentido,pedimos que haja mais união” frisou, acrescentando que a cobrança é uma forma de pedir para vencer.

Alexandre Grasseli reafirmou, por outro lado, o apoio incondicional do publico apoiante que tem um papel fundamental para elevar o grupo a boa forma anímica. “O  adepto fica connosco, tanto para cobrar assim como para elogiar, é o papel dele e a nossa resposta é trabalhar para dar alegria”, enfatizou. (jd.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA