Partidos têm dívidas de 34,3 milhões. Mais de metade é do PS

(jornaldenegocios.pt)
(jornaldenegocios.pt)
(jornaldenegocios.pt)

Os partidos representados no Parlamento têm dívidas totais de 34,3 milhões de euros, segundo os dados do ano passado divulgados pelo Correio da Manhã. O PS é o mais endividado, com mais de metade das dívidas. O PSD é o que mais deve a fornecedores.

Os partidos com assento parlamentar tinham, no final de 2014, dívidas de 34,3 milhões de euros, um decréscimo de 33% face aos 51,3 milhões de euros registados em 2013, ano em que a campanha para as eleições autárquicas fez disparar o passivo dos partidos.

De acordo com os dados entregue à Entidade das Contas, que funciona junto do Tribunal Constitucional, e citados pelo Correio da Manhã, o PS, com 18,8 milhões de euros de passivo, é o partido mais endividado, respondendo por mais de metade das dívidas dos seis partidos. Uma posição que resulta da sua exposição ao crédito bancário, que totaliza 10,1 milhões.

Em segundo lugar no ranking das maiores dívidas totais surge o PSD. O partido liderado por Pedro Passos Coelho apresenta um passivo de 10,3 milhões. No entanto, no que diz respeito às dívidas a fornecedores, o PSD lidera, com um total de 4,6 milhões por pagar, sendo seguido pelo PS, com dívidas a terceiros de 3,5 milhões.

O PCP é o terceiro partido mais endividado, com o total de 4 milhões, sendo seguido pelo CDS/PP com dívidas de 703 mil euros. Os Verdes são o partido com menos passivo, 5.316 euros, enquanto o Bloco de Esquerda ocupa o penúltimo lugar do ranking com dívidas de 323 mil euros. (jornaldenegocios.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA