Os dados estão lançados nas presidenciais da Argentina (vídeo)

(DR)
(DR)
(DR)

O pré-candidato à presidência da República da Argentina Daniel Scioli lidera a corrida eleitoral das primárias realizadas este domingo. De acordo com os primeiros resultados, quando estavam contados 11% dos votos, o pretendente da Frente para a Vitória somava 36 % dos escrutínios a seu favor.

O segundo mais votado era Mauricio Macri, presidente da câmara de Buenos Aires e candidato pela Proposta Republicana com 30 %.

Tudo indica que nas eleições de outubro, haverá um decisivo duelo entre Scioli e Macri.

De fora fica Cristina Kircher, já que a constituição não lhe permite lutar por um terceiro mandato.

A ainda presidente diz-se satisfeita pela forma como o escrutínio se desenrolou. “ Sempre que tivemos eleições desde 1983 e até hoje, especialmente em eleições presidenciais, houve sempre um contexto complicado. Agora, neste sentido, estamos numa situação inédita: os argentinos podem vota com grande tranquilidade”, afirmou.

32 milhões de eleitores foram chamados às urnas nestas primárias em que se apresentaram 15 pré-candidatos a presidente e que têm que obter pelo menos 1,5 % dos votos para se qualificarem para as presidenciais de 25 de outubro. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA