ONU felicita acordo de paz no Sudão do Sul (vídeo)

(EURONEWS)
(EURONEWS)
(EURONEWS)

“Um passo crítico e necessário para pôr fim a 20 meses de conflito”: foi desta forma que o secretário-geral das Nações Unidas felicitou o acordo de paz concluído entre o presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, e os grupos rebeldes.

O Conselho de Segurança da ONU deu, no entanto, até ao dia 1 de setembro para que Kiir retire a lista de reservas que fez questão de incluir como anexo do acordo.

O chefe de Estado sul-sudanês alertou os “líderes regionais” para “apoiarem a implementação” do texto, caso contrário, avisou, “poderá estragar-se”. Numa referência a um raide rebelde no norte do país, acrescentou que “continuam a haver combates, que são totalmente desnecessários”.

Uma das reservas expressas pelo presidente, foi a retirada das forças armadas da capital, Juba, exigida nos termos do acordo.

O conflito armado teve origem em dezembro de 2013, depois de Kiir, de etnia “dinka”, ter acusado o ex-vice-presidente e líder rebelde Riek Machar, da etnia rival “nuer”, de ter orquestrado um golpe de Estado. (euronews.com)

por Rodrigo Barbosa | Com EFE / LUSA / REUTERS

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA