Novo ciclo de diálogo interlíbio arranca em Genebra

Bandeira Libia (D.R)
Bandeira Libia  (D.R)
Bandeira Libia (D.R)

Cerca de 30 personalidades representando as partes em conflito na Líbia vão reunir-se esta segunda-feira, em Genebra (Suíça), em redor do emissário da Organização das Nações Unidas na Líbia, Bernardino Leon, para iniciar um novo ciclo de diálogo sobre a formação dum Governo de União Nacional para conduzir uma nova transição política no país.

Estas negociações vão continuar até quarta-feira, indicaram fontes das Nações Unidas.

A retomada do diálogo foi decidida depois de amplas consultas com as partes líbias e os parceiros internacionais, indicou o chefe da Missão de Apoio das Nações Unidas na Líbia (MANUL), Bernardino Leon, que sublinhou que progressos importantes foram realizados até agora no quadro do processo de diálogo.

Num comunicado, Leon exorta os principais atores a esforçar-se para continuar a trabalhar juntos com vista a reduzir as diferenças existentes e a estabelecer uma plataforma comum que pode constituir a base duma resolução pacífica do conflito político e militar na Líbia.

O Congresso Nacional Geral (CNG), Parlamento cessante, em Tripoli, anunciou domingo à noite a sua participação na negociação de Genebra, afirmando não estar vinculado ao projeto de acordo político assinado pelos outros protagonistas em Skhirat (Marrocos).

Segundo fontes concordantes, o CNG exige a demissão do general Khalkifa Haftar do seu cargo de chefe das forças militares do Governo interino líbio reconhecido pela comunidade internacional. (panapress.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA