Netanyahu: Irão pode financiar terror global após acordo nuclear

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O acordo sobre o programa nuclear iraniano permitirá a Teerão financiar o terrorismo em todo o mundo, graças aos bilhões de dólares obtidos após a suspensão das sanções, advertiu neste sábado, na Itália, o premiê israelita, Benjamin Netanyahu.

“O Irão obterá centenas de bilhões de dólares graças à suspensão das sanções e aos investimentos para financiar sua política de agressão e do terrorismo no Oriente Médio, no norte da África e além”, declarou Netanyahu, pouco antes de se reunir com seu colega italiano, Matteo Renzi.

O chefe de governo israelita, que transformou o acordo entre o Irão e as grandes potências em seu demónio particular, pôs no mesmo nível a “ameaça” representada pelo grupo radical Estado Islâmico (EI) e o programa nuclear iraniano, embora tenha dito que este último é muito mais “grave”.

Segundo Netanyahu, Israel não se opõe a um programa civil no Irão, mas o acordo fechado em 14 de Julho em Lausanne permitirá a Teerão “manter e ampliar uma infra-estrutura formidável completamente inútil para objectivos nucleares civis, mas muito necessária para produzir armas nucleares”, acrescentou. (swissinfo.ch)

afp_tickers

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA