Moxico: Malária causa 145 mortes no II trimestre

(D.R)

Luena – Cento e quarenta e cinco pessoas morreram vítima de malária durante o II trimestre de 2015 informou hoje, quarta-feira, no Luena, a chefe de secção de Pública e Grandes Endemias, Ana Amaral.

(D.R)
(D.R)

Falando à Angop sobre as actividades profiláticas desenvolvidas, explicou que a malária continua a ser a primeira causa de morte no Moxico, ao registar 39 mil casos, tendo no primeiro trimestre sido notificados 32.868 com 44 mortes.

Precisou que os municípios com maior número de mortes no II trimestre foram os Luchazes com 60 óbitos, Bundas (37), Moxico (21) e Luau (17).

Informou que a pandemia continua afectar, sobretudo, crianças de zero aos cinco anos e as mulheres grávidas, encorajando a população a reforçar os métodos de prevenção, como o uso do mosquiteiro tratado, tratamento intermitente preventivo, evitar amontoados de resíduos e águas paradas ao redor do quintal.

Alertou a população para procurar os serviços sanitários sempre que apresentar sinais e sintomas de febre alta, dores nas articulações, vómito, dor de cabeça, falta de apetite e cansaço. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA