Moçambique: Governo moçambicano reforça cooperação com Dinamarca

MAPA DE MOÇAMBIQUE (Foto: Angop)

Maputo – O embaixador da Dinamarca, Mogens Pedersen, disse nesta segunda-feira, em Maputo, que o seu país vai continuar a fortificar as relações diplomáticas e de cooperação com Moçambique, apostando no desenvolvimento de diversos sectores de actividade, com destaque para a sustentabilidade dos recursos naturais.

MAPA DE MOÇAMBIQUE (Foto: Angop)
MAPA DE MOÇAMBIQUE (Foto: Angop)

O diplomata dinamarquês falava no fim da audiência que lhe foi concedida pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, a quem apresentou as despedidas após o término do seu mandato de quatro anos em Moçambique.

“Nós sempre actuamos na gestão dos recursos naturais, nomeadamente a terra e a floresta, porque sabemos que é importante uma gestão sustentável dos recursos naturais (…) É preciso lembrar que os recursos naturais, como o gás e o carvão, não podem por si só resolver todos os problemas do país”, disse.

“Deve haver uma maior dinamização da agricultura, principalmente da agricultura familiar, para que esta possa, por sua vez, desenvolver um papel chave no crescimento económico do país”, acrescentou.

Pedersen reconheceu os avancos que Moçambique tem vindo a registar, em particular nas áreas de educação e saúde.

“Eu sei até que ponto Moçambique se transformou a nível de saúde e da educação, que são dois campos de muita importância, mas também pude notar que existem ainda grandes desafios”, afirmou.

No entender do diplomata, o governo deve continuar a priorizar o emprego para os jovens.

“Tem que haver actividades económicas que possam empregar jovens recém-formados”, defendeu, frisando que “tendo em conta esses temas, (acho que) Moçambique pode avançar muito’’. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA