Moçambique: Dhlakama prescinde da protecção policial do Estado

Afonso Dhlakama (DR)
Afonso Dhlakama (DR)
Afonso Dhlakama (DR)

Afonso Dhlakama anunciou que prescinde da protecção policial do Estado. O líder da Renamo passa a ser escoltado exclusivamente pelos homens armados do movimento.

A decisão de Dhlakama terá sido tomada na sequência do alegado abandono que Dhlakama sentiu na sua passagem pela vila de Mualaizi, província de Tete.

A qualidade de líder da oposição, atribui a Afonso Dhlakama o direito à protecção efectuado por parte das Forças de Defesa e Segurança do país.

A 16 de Agosto de 2015, na cidade de Tete, o líder da Renamo anunciou oficialmente a instalação de quartéis nas capitais provinciais para defender os interesses da população.

Para Eliseu Machava, secretário-geral da Frelimo, partido no poder em Moçambique, no país não há espaço para o retorno à guerra: “é de lamentar e de condenar que ainda se fale de quartéis e de guerra”. Cabe ao Estado defender a soberania do país e não aos partidos políticos, acrescentou. (rfi.fr)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA