Ministro: Mercadante defende pactos que vão além de um governo

(D.R)

“O governo está tomando medidas impopulares porque sabe que é necessário”, disse o ministro.

(D.R)
(D.R)

Em meio à tensão entre o Planalto e o Congresso, o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, afirmou que vivemos um momento polarizado e de tensão política, “depois de erros que o governo cometeu e que é preciso superá-los”. Mercadante reconheceu as medidas impopulares que o governo está tomando para passar pela crise econômica. “O governo está tomando medidas impopulares porque sabe que é necessário”, disse.

O ministro fez um afago ao presidente da comissão, que é da oposição, deputado Rodrigo de Castro (PSDB-MG), ao ressaltar que o partido do parlamentar comandou o Brasil por oito anos e pediu o apoio para que as medidas de ajuste fossem aprovadas, ressaltando que é uma necessidade do País. Mercadante afirmou que o Congresso precisa fazer pactos de política de Estado e que isso vai além do governo. “Nosso programa tem de ser político, ideológico e programático”, frisou. Com informações do Estadão Conteúdo. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA