Ministro das Finanças regressa ao país

ARMANDO MANUEL - MINISTRO DAS FINANÇAS (Foto: Angop)

O ministro das Finanças, Armando Manuel, regressou ao princípio da manhã de hoje, quarta-feira, a Luanda, depois de cumprir uma visita de trabalho de três dias a Tóquio (Japão) que serviu para reforçar a cooperação financeira entre os dois Estados.

ARMANDO MANUEL - MINISTRO DAS FINANÇAS (Foto: Angop)
ARMANDO MANUEL – MINISTRO DAS FINANÇAS (Foto: Angop)

No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o governante, que não prestou declarações à imprensa, foi recebido por altos funcionários do seu pelouro.

Uma nota de imprensa dá conta que o ministro Armando Manuel assinou, segunda-feira, um acordo de financiamento no formato “Empréstimo para Política de Desenvolvimento” que apresenta condições atractivas para Angola e está estruturado ao abrigo das reformas em curso no país, com destaque para a energia e o reforço da transparência e eficiência das finanças públicas.

Durante a sua estada em Tóquio, Armando Manuel manteve um encontro com o ministro de Estado e membro do Parlamento, Yasutoshi Nishimura, responsável pela política económica e fiscal do Japão, com quem abordou os desafios do desenvolvimento de África, em particular de Angola, e o papel da cooperação financeira no domínio da transferência de tecnologias que permitam elevar os níveis de produtividade e acelerar a diversificação da economia angolana.

Abordou também com o seu homólogo nipónico, Taro Also, as perspectivas de identificação de meios financeiros para dar suporte à agenda de desenvolvimento de Angola e reuniu-se com responsáveis das principais instituições bancárias do Japão, no quadro do alargamento e diversificação da plataforma de cooperação financeira, assente no apoio ao investimento no domínio da economia real.

Na sua deslocação ao “País do Sol Nascente”, Armando Manuel fez-se acompanhar do director para Ásia e Oceania do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Samuel da Cunha, e de quadros do seu ministério, com destaque para a directora da Unidade de Gestão da Dívida Pública, Angélica Paquete. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA