Ministro Canga anuncia crédito especial para sector agro-pecuário

AFonso Pedro Canga - ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural (Foto: Morais Silva)
AFonso Pedro Canga - ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural (Foto: Morais Silva)
AFonso Pedro Canga – ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural (Foto: Morais Silva)

O ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Afonso Pedro Canga, anunciou hoje, sábado, no Lubango, província da Huíla, a existência de um pacote financeiro aprovado pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, destinados a potenciar o sector agro-pecuário do país.

Convidado a inaugurar a 12ª Feira Agropecuária da Huíla, o ministro reafirmou o empenho e a determinação do Executivo angolano em continuar a apoiar o sector agro-pecuário, criando oportunidades de negócio e facilidades de acesso aos meios de financiamento.

“Quero referir-me das últimas decisões do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, de aprovar linhas de crédito específicas para o sector agropecuário, que estão a disposição nos bancos comerciais e no Banco de Desenvolvimento de Angola”, disse.

“Agora compete aos empresários de se organizarem, preparando os seus projectos e cumprirem com os critérios de acesso ao financiamento”, continuou.

Afonso Pedro Canga assinalou que o governo também está a trabalhar para que possam existir condições de seguros nos investimentos agrícolas, “pois investir neste segmento há riscos, riscos que devem ser acomodados através do seguro agrícola”, ressaltou.

O ministro afirmou estar igualmente em execução outras medidas de facilitação de crédito, assim como algumas que vão privilegiar a importação de matéria-prima para o processo produtivo.

Para ele, este certame, pioneiro no país, neste ramo, acontece num momento especial, num ano em que o país assinala 40 anos de independência.

“Estamos todos felizes, pois o dever está cumprido. Há avanços significativos, os empresários agro- pecuários enfrentaram ao longo deste anos grandes batalhas, tal como o país no seu todo e nesta guerra os pecuaristas estão sempre na linha da frente e de certeza que venceremos”, concluiu.

A feira agropecuária da Huíla, aberta hoje, decorrerá até ao dia 16. Até lá, espera-se que sejam leiloadas mais de mil cabeças de gado, processo de deve render cerca de um milhão e quinhentos mil dólares. Trinta fazendas expõem os seus negócios neste evento.

Estiveram presentes na abertura entidades governamentais, com realce para o ministro de Estado e chefe da Casa Civil, Edeltrudes Costa, os ministros da agricultura e da economia, Pedro Canga e Abraão Gourgel, governadores do Cuando Cubango, Bié e vive governadora de Luanda e presidente do tribunal de contas, assim como empresários e a Miss Angola, Witnney Houston. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA