Militarização do espaço é inevitável?

(AFP 2015/ PHILIPPE HUGUEN)
(AFP 2015/ PHILIPPE HUGUEN)
(AFP 2015/ PHILIPPE HUGUEN)

Segundo uma publicação norte-americana, actualmente o perigo de uma guerra no espaço é o mais alto de sempre. O assunto foi considerado pelo especialista militar russo Vassily Kashin, pesquisador do Centro de Análise de Estratégias e Tecnologias.

A revista Scientific American publicou na segunda-feira (10) um artigo de Lee Billings no qual o autor afirma que a Rússia, a China e os EUA desenvolvem activamente e testam sistemas de defesa anti-satélite, embora Moscovo e Pequim neguem tal fato.

Vassily Kashin partilhou a sua opinião sobre o assunto com a Sputnik:

“A utilização militar do Espaço tem feito grande progresso desde os tempos da Guerra Fria. As características dos satélites de reconhecimento, dos satélites de telecomunicações e satélites de navegação têm crescido muito, enquanto o preço deles caiu.”

A opinião do jornalista norte-americano parece mais alarmista quando ele faz correlação entre as antigas tensões na corrida espacial e os alegados testes de armas de defesa anti-satélite da China e da Rússia:

“Em resposta a estas possíveis ameaças, a administração de Obama alocou US$ 5 bilhões do orçamento, a serem gastos durante próximos cinco anos, com o objectivo de reforçar as capacidades da defesa e combate do programa militar espacial dos EUA.”

Porém, segundo Kashin, é pouco provável que as partes em confronto – os EUA por um lado e Rússia e a China por outro – cheguem a um compromisso na questão da defesa anti-satélite porque os EUA não estão dispostos a limitar as suas capacidades. (sputniknews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA