Mas afinal Costa viu ou não os cartazes do PS? “Não, não vi”

(D.R)
(D.R)
(D.R)

A campanha que ditou a mudança do diretor da campanha do PS foi afixada sem passar antes pelo líder do PS. Foi o próprio Costa que o revelou, ontem, em Portimão.

De férias no Algarve, António Costa foi ontem dar uma volta pelo Festival da Sardinha, em Portimão, e teve de comentar, pela primeira vez em público, a polémica dos cartazes do PS que ditaram a substituição do diretor de campanha do partido (entrou Duarte Cordeiro, saiu Ascenso Simões)

Interpelado pela RTP, respondeu assim quando lhe perguntaram se tinha ou não visto os cartazes antes de serem afixados. “Não, não vi.” E depois acrescentou: “Mas também seria inútil, a minha vocação não é ser técnico de marketing.” “O meu forte não é a propaganda política, aquilo que gosto mesmo de fazer é concretizar na vida das pessoas os valores e as politicas. Técnico de marketing não é a minha vocação”, insistiu.

Segundo afirmou, “as pessoas talvez tenham olhado mais para as caras dos cartazes do que para os programas e não tenham dado conta daquilo que a coligação de direita se propõe fazer no país se tivesse a oportunidade de continuar no governo”. (dn.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA