Lunda Sul: Gravidez precoce apontada como principal causa de cesarianas

(D.R)

Saurimo – A chefe de secção da Maternidade Provincial da Lunda Sul, Maria do Céu, apontou, quarta-feira, em Saurimo, a gravidez precoce como a principal causa dos partos por cesariana realizados naquela unidade sanitária.

(D.R)
(D.R)

Em declarações à Angop, a propósito do balanço das actividades desenvolvidas na unidade sanitária durante, o primeiro semestre do ano em curso, sublinhou ainda que outro dos motivos das cesarianas na maternidade são as chegadas tardias das parturientes na maternidade.

No período em referência, ressaltou, a maternidade realizou 143 cesarianas, maioritariamente em adolescentes.

O factor anatómico, explicou, é a principal causa para a realização das cesarianas na maior parte das gestas adolescentes, atendendo que as mesmas não apresentarem ainda um desenvolvimento total da pelve, criando assim uma desproporção cefalopelvica, o que impende a realização do parto via baixa, obrigando deste modo a recorrer a cirurgia.

“Muitas cesarianas também são causadas por placenta prévia e sofrimento fetal, na qual a bolsa de água rompe muito cedo e a gestante fica em casa, infelizmente as mesmas ocorrem tardiamente nas unidades sanitárias em busca de assistência já em situação complicada e só resta fazer a cesariana”, detalhou.

De acordo com a responsável, muitas mulheres grávidas são coagidas pelas famílias, no sentido de não irem atempadamente à maternidade quando têm sinal de trabalho de parto, alegando que se forem cedo vão dar a luz por cesariana.

Esse tipo de atitude, reprovou, complica ainda mais o serviço de parto.

Na ocasião, exortou às adolescentes no sentido de se acautelarem da gravidez precoce, porquanto o fenómeno influência no insucesso da formação académica/profissional, comprometendo assim o seu futuro. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA